Menu principal
 

–> Dúvidas sobre cursos do IFC, formas de ingresso em todos os cursos, transferências, matrículas? Confira em: Perguntas Frequentes. <—

O certo é IF Catarinense ou IFC?

O correto é IFC. A Instrução 003/2014 normatiza a unificação da sigla do Instituto Federal Catarinense e incentiva o uso do nome e da logomarca simplificada em todas as atividades institucionais. Portanto, use, na fala e na escrita, Instituto Federal Catarinense ou Instituto Federal Catarinense Campus Blumenau (e não mais Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia); use a sigla IFC (e não mais IF Catarinense).

Tem diferença entre Instituto Federal Catarinense (IFC) e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)?

Sim. Santa Catarina possui dois institutos federais, cada qual administrado por reitorias diferentes e com campi distintos. O Instituto Federal Catarinense (IFC) surgiu da junção das escolas agrotécnicas de Concórdia, Rio do Sul e Sombrio, mais os colégios agrícolas de Araquari e Camboriú. O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) constituiu-se a partir dos antigos Cefets/SC (Centros Federais de Educação Tecnológica de Santa Catarina).

A Reitoria do IFC fica em Blumenau. O IFC possui atualmente 15 campi distribuídos nas cidades de Abelardo Luz, Araquari, Blumenau, Brusque, Camboriú, Concórdia, Fraiburgo, Ibirama, Luzerna, Rio do Sul (Sede e Unidade Tecnológica e Urbana), Santa Rosa do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, Sombrio e Videira.

O IFC faz vestibular para os cursos superiores?

Não. Desde 2014, o IFC não realiza vestibular para selecionar os alunos em cursos superiores. Agora, o processo é 100% Enem/Sisu. Mais informações, acesse Portal do Ingresso.

Como funciona o Ensino Superior do IFC?

Os cursos de nível superior são ofertados para quem já concluiu o ensino médio e são focados em tecnologia, bacharelado e licenciatura:

  • Tecnologia: com carga horária menor (cerca de três anos) em relação aos cursos de bacharelado e licenciatura, aprofunda-se em uma área específica. Como são cursos de nível superior, os tecnólogos podem dar continuidade aos estudos, cursando pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e lato sensu (especialização).
  • Bacharelado: habilita bacharéis para atuarem na área de sua formação. Os cursos oferecem sólida formação teórica e prática, servindo como suporte para uma boa base científica ao estudante. Tem duração de quatro a cinco anos.
  • Licenciatura: forma profissionais aptos a trabalhar em ambientes educacionais, em todos os níveis de ensino – educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, ensino superior. Tem duração de quatro anos.

Como funcionam os cursos técnicos do IFC?

Os cursos técnicos são ofertados em três modalidades: integrado, subsequente e concomitante:

  • Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio: oferecido para quem concluiu o ensino fundamental e vai cursar o ensino médio. O estudante concluirá o ensino médio junto a uma habilitação profissional técnica de nível médio. No Campus Blumenau, são oferecidos os integrados em Informática e em Eletromecânica. O ingresso para estes cursos é por meio de prova, chamada de “Exame de Classificação”. O edital para esta prova é divulgado no segundo semestre (geralmente em agosto) e a prova ocorre em novembro.
  • Curso Técnico Subsequente: somente para os que concluíram o ensino médio. O estudante receberá diploma de profissionalização em nível técnico na área cursada. No Campus Blumenau, é possível cursar técnico subsequente em Mecânica ou Eletromecânica. O ingresso para estes cursos é feito por meio de Sorteio Público.
  • Curso Técnico Concomitante: para os que concluíram o Ensino Fundamental e estão cursando o ensino médio. Neste caso, o estudante realiza duas matrículas, uma na instituição que está cursando o Ensino Médio e outra no IFC, desde que haja compatibilidade de horário na oferta dos cursos. Atualmente, o Campus Blumenau não oferece esta modalidade.

O que é PAE?

É o Programa de Assistência Estudantil. Tem como objetivo criar condições de acesso e aproveitamento pleno da formação acadêmica aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por meio de auxílios estudantis. Por meio desse programa, os estudantes têm acesso a auxílio moradia e auxílios permanência. O valor recebido varia de acordo com as condições sociais apresentadas pelo estudante e sua família. É destinado a estudantes de cursos de Ensino Técnico de Nível Médio e de Graduação.

O edital do Programa de Assistência Estudantil é divulgado todo início de ano letivo. Dúvidas, entre em contato com cae@blumenau.ifc.edu.br

 

*Texto: Cecom/Blumenau