Menu principal
 

IFC Blumenau tem alunos premiados em Olimpíada Brasileira de Matemática

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Premiados Obmep_2017 Em um universo de cerca de 18 milhões de candidatos, oito alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio do Instituto Federal Catarinense Campus Blumenau se destacaram. Eles conquistaram duas medalhas de prata, uma de bronze e cinco menções honrosas na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep).

Um dos premiados, o aluno do curso Técnico em Eletromecânica Integrado ao Ensino Médio Pedro Henrique Fontoura de Souza, conta que sempre gostou de Matemática. Em 2015, ele ganhou a medalha de bronze no nível 2, que engloba alunos do 6º ao 9º anos do ensino fundamental. Em 2017, em sua primeira participação no nível 3, que abrange alunos do ensino médio, Pedro Henrique levou a medalha de prata. Para ele, além de acrescentar ao currículo, a Obmep soma para seu crescimento enquanto aluno. “A olimpíada envolve questões lógicas, voltadas para o nosso dia a dia, e isso nos leva a pensar a matemática para além de fórmulas decoradas”, observou ele.

Para chegar à final, os premiados precisaram passar por duas etapas. A primeira delas é a prova objetiva (com 20 questões de múltipla escolha), na qual todos os alunos de escolas inscritas participam. Para a segunda etapa, que consiste em uma prova composta de seis questões discursivas, são classificados os participantes com as melhores notas na primeira etapa, dentro do número de vagas para cada escola. Os melhores resultados na segunda fase são premiados.

O professor de Matemática Alexandre Veloso dos Santos conta que, no início do ano letivo, os professores informaram que todos os alunos do ensino médio participariam da primeira fase da Obmep. “Aqueles que demonstraram interesse ou bom desempenho nas disciplinas de exatas ou técnicas oferecemos ajuda durante os atendimentos, para que se preparassem para a olimpíada”, lembrou. Para ele, o interessante da prova da Obmep é que “ela não prioriza fórmulas e cálculos extensos, mas busca equilíbrio entre interpretação, raciocínio lógico e estratégias para resolução”.

Aos alunos premiados com medalhas de ouro, prata ou bronze ainda é oferecida a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC). O PIC é um programa que coloca os alunos em contato com os aspectos da Matemática que não são vistos em sala de aula, ampliando o conhecimento científico e preparando para um futuro desempenho profissional e acadêmico. Os medalhistas recebem carta-convite da comissão da Obmep para participarem do programa, que inclui encontros presenciais e estudos online, com auxílio de material didático.

Sobre a Obmep

Destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a Obmep é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). O objetivo da Olimpíada é estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. Em 2017, as escolas privadas de todo o Brasil também foram convidadas a participar. Confira AQUI a lista com os vencedores da Obmep, divulgada pelo Impa (Fonte: Obmep).

Confira os alunos premiados do campus Blumenau:

Aluno

Premiação

ALAN FELIPE SCHELLER

Menção honrosa

LUCAS PEREIRA

Menção honrosa

PEDRO HENRIQUE FONTOURA DE SOUZA

Medalha de Prata

RENATO ADELHARDH MACARINI HEVEN

Menção honrosa

SENA HARUTA

Menção honrosa

SILVIO SANDRI JUNIOR

Medalha de Prata

VINICIUS FRANKE DA SILVA

Menção honrosa

VINICIUS HEDLER

Medalha de Bronze

 

 

*Texto/Foto: Gisele Silveira | Jornalista – JP 4506/SC.

Cecom/Blumenau

Print Friendly